Home > Blog > Muito além dos óculos: consultas com oftalmologista devem ser rotineiras

Muito além dos óculos: consultas com oftalmologista devem ser rotineiras

Qual foi a última vez que você foi ao oftalmologista? Se sua última consulta tem mais de um ano, já está na hora de voltar a visitar esse profissional. Isso porque, durante uma consulta, o médico oftalmologista pode diagnosticar e iniciar o tratamento de algum problema de visão ainda na sua fase inicial, antes que cause danos irreversíveis.


Segundo o oftalmologista da Pronto Saúde, Luiz Cherici Neto, durante as consultas de rotina, além de avaliar a refração (grau da visão), o médico também examina o fundo do olho e mede a pressão intraocular. “Durante uma consulta, caso o oftalmologista perceba qualquer fator que mereça maior atenção, ele pode solicitar exames mais detalhados”, diz.


Luiz explica que Glaucoma e Retinopatia Diabética estão entre as doenças oculares que, inicialmente, não apresentam sintomas e podem levar à cegueira total quando não tratadas. “Essas doenças podem ser controladas, desde que descobertas no começo, por isso a necessidade de consultas periódicas”, ressalta.


O oftalmologista alerta para o período das consultas. “Mesmo para casos sem qualquer sintoma de algo mais grave, quando o paciente apenas usa óculos ou lentes de contato, as consultas devem ser anuais ou no período solicitado pelo médico”, finaliza.